Por que o título Rodriguésia?

“A exemplo de vários outros paizes que procuram por todos os meios perpetuar os nomes de seus mais atilados scientistas tomámos o sobrenome de Barbosa Rodrigues para patrono desta publicação, de modo identico ao que fizeram com os nomes dos De Candolle (Candollea), Osten (Ostenia), Bonpland (Bonplandia), Hedwig (Hedwigia), Malpighi (Malpighia), Felix Brotero (Broteria), respectivamente na Suissa, Allemanha, Italia e Portugal, para não citar toda a lista existente.
 Não precisamos encarecer a significação dessa homenagem ao grande botanico brasileiro, internacionalmente conhecido e que com a circulação desta revista será sempre lembrado, dentro e fóra das fronteiras de nossa terra.”
 (Commisão de Redacção: P. Campos Porto, Fernando R. da Silveira, Leonam de A. Penna.Apresentação.Rodriguesia. V.1.N1.Inverno de 1935.p.1-2)

As revistas científicas possuem uma trajetória, e a Rodriguésia não foge à regra ao longo dos seus 75 anos. Por meio de uma análise de seu conteúdo, é possível observar os temas, teorias e conceitos de seus artigos, e estes nos remetem à relação necessária entre os projetos editoriais, os atores envolvidos e as discussões científicas em diferentes períodos históricos.
O Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro iniciou sua publicação científica Rodriguesia, 26 após a morte de seu ex-diretor João Barbosa Rodrigues (1842-1909), responsável por mudanças significativas na instituição como a criação de um herbário, de um museu e a reformulação do arboreto.

 

Acervo do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro.


Para saber mais:

Bediaga, B. 2005. Os primeiros anos da Rodriguésia – 1935-1938: em busca de uma nova comunicação científica. Rodriguésia 56(87): 1-12.

De Toni, K. et al. 2009. Análise da Rodriguésia ao longo de sua trajetória em publicação científica em botânica. Rodriguésia 60(3): 467-476.

Heizer, Alda.2007. O Jardim Botânico de Barbosa Rodrigues na Exposição Nacional de 1908.Revista de História e Estudos Culturais(FENIX).V.4.Ano IV N.3:1-16

Scott , A. Mori , Flora Castaño Ferreira.1987. A distinguished brazilian botanist, João Barbosa Rodrigues ( 1842-1909).Brittonia.V.39,N.1, jan- mar: 73-85.

Romero Sá, Magali. 2001.O Botânico e o Mecenas. João Barbosa Rodrigues e a Ciência no Brasil na segunda metade do século XIX.História, Ciências , Saúde- Manguinhos.V.:899-924.